Número total de visualizações de página

sábado, 12 de dezembro de 2015

O Amor É Cego


O amor é cego.
Melhor torna-nos cegos.
O amor faz com que sacrifiquemos qualquer coisa
Para termos a pessoa,
Aquela pessoa perto de nós.



Quantas vezes nos avisam para não confiarmos?
Quantas vezes nos repetem para não nos iludirmos?
Quantas vezes nos dizem que não iremos ganhar?
Quantas vezes nos incentivam a usar a cabeça?
Quantas vezes nos gritam para acordarmos para a realidade?
Tantas e tantas vezes.
E quantas vezes o fazemos?



Poucas, pois sempre que pensamos nessa pessoa paramos antes de começar.
A ilusão é demasiado real.
Acreditas no fictício, no sonho, na mentira.
Porque sempre que pensas nele julgas te-lo sob a tua pele.




Também pode ser visto, na página de uma amiga, Under my Skin (facebook)

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Verdade ou ilusão?


Fui o tipo de pessoa que via e que não podia tocar, sonhava com o que não se podia realizar, vivia sem assim o querer, tocava sem poder sentir nem aproveitar, suspirava sem ter para quem receber ou para quem amar.
Mas naquele momento não havia duvidas, eu sabia aquilo que eu queria.
Eu sabia que o sentimento era reciproco mas e se me enganei? Terá sido fruto apenas da minha imaginação? O tocar, a forma como me olhaste, me cuidaste? Terá sido minha imaginação? A tua boca, os teus olhos, tudo me chamava, me fazia aproximar mas ao mesmo tempo repelia. As tuas palavras incentivavam-me, mas as tuas atitudes desmereciam-me! Terá sido um sonho? Uma ilusão? Prefiro não saber! Prefiro acreditar na minha verdade.