Número total de visualizações de página

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Sabedor


Olá queridos leitores! Peço desculpa por vos ter feito esperar tanto mas, não me sentia em condições de escrever, com tudo o que se tem passado na minha vida ultimamente!
Este poema foi feito em Fevereiro e, como tal, teria que o colocar aqui mais cedo ou mais tarde!

Espero que gostem..





Tu és o sabedor!

Aquele que conhece
(Melhor dizendo, conhecia)
Os meus anseios e instintos!

Foste tu sabedor!
Que me fizeste encontrar
a mim mesma,
Que despertaste
O que estava adormecido em mim,
E que agora ambiciono
Apagar de vez!

Foste tu, só tu
Que tiveste o prazer de estar comigo
como estiveste...
Tu contente,
Tu satisfeito
Por me teres do teu lado,
Ou será que foi mentira?


Mentira não era o que eu vislumbrava
Nos teus olhos,
No entanto acatei que era.
Mentira não era a expressão,
A luz que os teus olhos emitiam
E que não era apenas eu que via,
Mas o melhor era acreditar que fosse!

Ver-te do meu lado todos os dias,
Enchia o meu peito
De novo ar,
De novo alento,
De novo conhecimento e atitude!
Pena ter durado pouco
(Embora tenha sido fantástico),
Teres-me tirado o que me fazia
Sentir completa.
Mas a vida é assim!
Numa hora dá-nos algo,
N'outra tira nos,
Quando menos esperarmos
Para termos que lidar com a dor,
Aprender e crescer.

Eu desisti,
Do que não tinha mais
Porque lutar!
No momento,
Quero a mudança!
Nada de repetido
(Não quero lembrar-me mais
Do que já me lembro,
De tudo o que contigo vivi)...

No entanto,
Não me sinto completa,
Nem me sentirei!
Jamais a sensação de paz
Voltará a existir,
Porque era contigo,
Meu sabedor,
Meu feiticeiro,
Que tudo mudava!
Com a dor
Aprenderei a viver,
Com alguém ao meu lado,
Talvez melhor que tu!
Mas eu esperei por ti
Muito tempo
Para te ter e perder...

Apesar de tudo,
Foste tu,
És tu,
Serás tu
Meu sabedor!

7 comentários:

  1. Incrivelmente bonito, Ritinha. :')
    Parabéns, parabéns !*

    ResponderEliminar
  2. Com este poema, foste ao encontro daquilo que estou a sentir, como me compreendes.
    Graças a este poema, ganhei forças extras para dizer NÃO ao que tu sabes.
    Está muito lindo o poema, Parabéns :)

    ResponderEliminar
  3. obrigada minha querida S :D
    Nao fazes ideia como era dificil resistir ao que se queria :s mas tudo se aguenta! Obrigada por teres estado sempre ao meu lado :D *

    ResponderEliminar
  4. Tem quer, temos que ser fortes e, ninguém nos vais pôr abaixo. De nada :) Obrigada eu também :)

    ResponderEliminar
  5. ai isso podes ter a certeza! eu posso cair uma, duas, tres mas mais ja chega :o

    ResponderEliminar
  6. Gosto muito dos teus poemas, tens realmente muito jeito! Continua, nunca pares de os escrever, pois tu escreves com alma.. :)
    Parabéns! :)

    ResponderEliminar